PolíciaIdosos

Idosos vítimas de golpe na Região de Pendotiba

5
Tamanho da fonte: A- A+ Por: Renan Santiago 15/08/2013

Falsos funcionários da Ampla estão aplicando golpes em moradores de Pendotiba. Uma das vítimas, de 89 anos, que mora no bairro Matapaca, teve folhas de cheque e cartão de débito roubados. O prejuízo ultrapassa R$ 6 mil. O golpe teria acontecido no último dia 6, após um homem se apresentar na casa da vítima uniformizado e com crachá da concessionária.

“Ele aparentava ter 50 anos e relatou que a empresa estava fazendo um levantamento das casas que tinham idosos no bairro, pois estas casas receberiam um desconto na conta de luz. Disse que a conta de luz estava no nome da minha filha, mas ele prontamente informou que bastava que eu fizesse um cadastro na hora para transferir a titularidade e ganhar o benefício”, contou o idoso à polícia, revelando também que passou dados pessoais e bancários, já que o desconto só valeria para a conta em débito automático.

O falso funcionário alegou que precisaria do talão de cheque e do cartão de débito, assim como da identidade, para poder anotar todos os dados bancários. Enquanto anotava os dados um comparsa vestido de terno surgiu e fez perguntas ao idoso, querendo saber se ele conhecia algum advogado na região, para desviar a atenção. Nessa hora, o falso funcionário arrancou as quatro últimas folhas do talão de cheque, com o canhoto, sem que o idoso percebesse. Ao final do “cadastro”, o idoso assinou a ficha e o homem foi embora. 

Alguns dias depois, o idoso recebeu uma ligação de um homem que dizia ser funcionário do banco, informando que a senha do cartão seria trocada. Mandaram-no anotar o código de segurança da ligação e a nova senha provisória. No final da conversa informaram que para cancelar a senha antiga ele deveria informar a senha atual do cartão, para que fosse deletada do sistema. 

No mesmo dia da ligação foram sacados os quatro cheques no valor de R$ 980 cada, num total de R$ 3.920, todos com as assinaturas falsificadas. Além disso, foram feitos vários saques e compras em supermercados, realizadas com o cartão de débito da vítima. 

Segundo a polícia, o falso funcionário da Ampla teria tentado aplicar o golpe em outras casas na região. A Ampla informou que já está ciente da denúncia e que está tomando as medidas necessárias para informar aos clientes sobre o golpe. A empresa ressalta que não possui nenhum funcionário que realize esse tipo de serviço domiciliar e que todo e qualquer serviço deve ser realizado nas lojas.

Um boletim de ocorrência foi feito na delegacia de Jurujuba, 79º DP, que está investigando o caso. 


O FLUMINENSE


AVALIE:

 

Enviar para amigo Imprimir

Comente a Notícia

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Grupo O Fluminense. Mensagens que contenham ofensas, acusações e palavrões ou xingamentos não serão publicadas.

Comentários

Esta matéria possui 0 comentário(s)

Nenhum comentário.

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.


Publicidade: