28
Qui, Maio

Fogo foi provocado por um balão - Foto: Divulgação

Equipes da Coordenadoria Ambiental da Guarda Municipal de Niterói e voluntários do Parque Municipal de Niterói (ParNit) extinguiram um incêndio, na manhã deste sábado (23), que atingiu uma pequena área do parque. O fogo foi provocado por um balão, que foi encontrado no local pelas equipes.

Desde 2014, o programa Niterói Contra Queimadas realiza o monitoramento meteorológico voltado para ameaças de fogo e tem um Plano de Contingências, que prevê a ação integrada entre a Defesa Civil Municipal, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Guarda Municipal, Clin, Corpo de Bombeiros e o Inea.

Dentro do programa, o curso Niterói Contra Queimadas já formou mais de 230 voluntários para prevenção, monitoramento de balões e apoio às equipes de combate nas grandes ocorrências de queimadas.

A Prefeitura de Niterói solicita que, caso a população verifique a prática criminosa de queimadas ou demais focos de incêndio em vegetação, entre em contato com o Corpo de bombeiros – 193, com a Defesa Civil – 199 ou o Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), através do número 153.

 

Estratégia vai aumentar o rastreamento de infectados na cidade - Foto: Berg Silva / Prefeitura de Niterói

A Prefeitura de Niterói pretende implantar um sistema drive-thru para testagem da covid-19. O projeto foi anunciado pelo próprio prefeito, Rodrigo Neves, em live nas redes sociais, após a reunião do Gabinete de Crise, na noite desta sexta-feira (22).

A proposta permite à prefeitura um maior controle sobre o número de casos do novo coronavírus na cidade, aumentando o rastreamento de infectados e, dessa forma, reduzir ainda mais a taxa de transmissão da covid-19.

"Na semana que vem, dentro do plano de transição gradual para o novo normal, vamos ampliar ainda mais o sistema de testagem, através de um sistema de drive-thru em alguns pontos da cidade, não apenas para aqueles que estão próximos das unidades básicas de saúde", anunciou Rodrigo.

Nas últimas semanas, Niterói deu início à testagem massiva da população, o que fez aumentar consideravelmente os dados de infectados na cidade e reduzir as subnotificações. No entanto, somente pessoas com, pelo menos, oito dias com sintomas passam pelo exame, a partir da identificação do programa Médico de Família. Nos primeiros 10 dias, mais de 2,5 mil testes rápidos haviam sido realizados.

Agora, a ideia é que esse teste se estenda aos indivíduos que tenham tido contato com pessoas diagnosticadas com coronavírus, mesmo sem apresentarem qualquer sintoma inicial.

"Na segunda-feira vamos detalhar esse novo sistema, que vai se somar ao sistema que já está implantado e que já fez milhares de testes nas unidades básicas de saúde", declarou o prefeito, referindo-se à testagem massiva.

A adoção dessa estratégia, segundo Rodrigo Neves, se faz necessária ao avaliar a situação de municípios vizinhos a Niterói, que têm avançado na taxa de transmissão da doença.

"Queria reforçar junto aos moradores de cidades limítrofes e da Região Metropolitana, onde temos uma situação de taxa de transmissão maior, inclusive até do que Niterói, que atendem as orientações das autoridades sanitárias, no sentido de ficar em casa. A situação de muitas cidades que tiveram óbitos depois de Niterói, já é uma situação muito mais grave do que a nossa. Cidades que tiveram o início do ciclo da epidemia três ou quatro semanas depois, têm tido registro de 10, 15, 20 óbitos por dia", alertou o prefeito.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira (22), Niterói tem 1.631 casos confirmados de covid-19, com 706 em isolamento domiciliar sendo acompanhados pela Fundação de Saúde do Município. A cidade registra, até o momento, 88 óbitos e tem 762 pacientes recuperados.

Meta inicial é ajudar na proteção dos que estão atuando e salvando vidas neste momento - Foto: Arquivo

Desde que a pandemia de covid-19 passou a fazer parte da realidade dos brasileiros, muita coisa mudou em suas vidas. Vieram novas rotinas e, com elas, outras necessidades. Como, por exemplo, se proteger com máscaras para trabalhar e sair de casa e também criar outros rituais para ir ao mercado ou higienizar produtos. Pensando nisso, alunos da Universidade Federal Fluminense de diferentes cursos de graduação desenvolveram aplicativos, para uso em smartphones, que buscam auxiliar as pessoas a lidar com as novas demandas do cenário atual.

Um desses aplicativos foi batizado de ‘EPI Solidário’. Sua proposta é a de conectar pessoas que estão necessitando de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), e que trabalham na linha de frente de combate ao coronavírus, com outras que tenham esse material para doar. O projeto surgiu da constatação do aumento da demanda repentina por estes equipamentos somada à diminuição da produção de algumas fábricas, culminando em sua falta, em lojas ou hospitais.

Segundo Eduardo de Oliveira Camara, formado em Ciências da Computação e atualmente aluno de Medicina também pela UFF, a equipe de desenvolvimento do aplicativo conta com a colaboração de alunos dos dois cursos. Além dele, participam dois outros da Ciência da Computação e um terceiro do curso de Medicina. O estudante explica que a doação dos EPIs normalmente é feita por contato direto, em grupos de conversa no Whatsapp ou por pedidos para conhecidos. O objetivo é expandir esta rede de solidariedade, permitindo que pessoas que não tenham contato direto normalmente consigam se comunicar para que sejam feitas estas doações”, destaca.

Seu uso é bastante simples e permite duas formas de interação. O interessado pode se cadastrar como doador ou receptor. Ele pode registrar os pedidos de equipamentos de proteção ou acompanhar a lista de quem está doando, sem necessariamente ter que cadastrar a sua intenção. A partir da página de listagem, os usuários podem interagir de algumas formas básicas. “Caso o usuário tenha EPIs para doação, ele pode verificar quem está listado com pedido e enviar os seus contatos, telefone e e-mail, para que o interessado entre em contato. Já, ao contrário, se o usuário necessitar de EPIs, pode acessar a listagem das doações e pedir o contato da pessoa, que escolhe se aceita compartilhar seu telefone e e-mail, ou não”, destaca Eduardo.

De acordo com o professor do Instituto de Computação da UFF responsável pelo projeto, Flávio Luiz Seixas, “a meta inicial é ajudar na proteção dos que estão atuando e salvando vidas neste momento difícil pelo qual estamos passando. Mas se o projeto tiver uma boa visibilidade, poderemos atrair parcerias público/privadas para que outras excelentes iniciativas possam ser postas em produção e ajudar mais pessoas”, ressalta. O aplicativo também poderia vir a servir, por exemplo, como um facilitador para outros equipamentos, “inclusive de aparelhos produzidos por iniciativa das universidades, como os faceshields, e até mesmo respiradores”, explica Eduardo.

O aplicativo foi disponibilizado em versão de testes numa plataforma da Microsoft que permite fazer seu download para dispositivos Android. A previsão é que, em breve, possa também ser acessado na Loja da Apple - para quem possui Iphone. Segundo Eduardo, que se diz muito feliz em poder ajudar a sociedade de alguma forma, “hoje em dia, com a disseminação da tecnologia, existe uma grande oportunidade de melhorar a medicina através da informatização de processos e conhecimentos. Muitos aplicativos já são utilizados como auxílio à tomada de decisão para tornar mais eficazes os diagnósticos e tratamentos”, conclui.

Compras mais seguras com o Match Buyer
Outro aplicativo idealizado por estudantes da UFF, e também inteiramente executado por eles, é o Match Buyer. A ideia é interligar três tipos de usuários, conectando quem necessita de auxílio para realizar suas compras e quem tem a possibilidade de sair de casa para isso, assim como o pequeno comerciante do bairro que está com seu caixa comprometido e produto estocado. De acordo com Leolo Lopes, graduando em Engenharia Química e que atua como desenvolvedor do aplicativo, ao mesmo tempo em que ele une pessoas que estão em situação de risco, evitando o seu contágio, opera para prevenir o fechamento de estabelecimentos.

Para utilizar o Match Buyer, é preciso realizar um cadastro anteriormente. Existe um tipo diferente para cada perfil de usuário, e também uma área limitada a partir da qual eles podem se comunicar. A interface, segundo o estudante, possui similaridade com o famoso aplicativo de relacionamentos Tinder: “podemos dizer que o Match Buyer é Tinder da Pandemia”.

O grupo que assina pelo projeto, e que é composto por seis estudantes, membros da Equipe de Foguetes da UFF, estima que, em breve, o aplicativo de compras vai estar disponível na Play Store, sendo possível acessá-lo através de download e cadastro. A previsão é que seja possível aprová-lo na loja do Google em algumas semanas. Para o aluno, esta é uma oportunidade ‘energizante’: “sinto que estamos tentando solucionar problemas e ajudar no meio desse caos todo que tem sido a pandemia de covid-19”, comemora.

 

Passageiros já enfrentam filas no Terminal Rodoviário João Goulart - Foto: Reprodução da internet

Já é possível observar os reflexos da reabertura de parte do comércio em Niterói. No primeiro dia da implementação do plano de transição gradual para a nova normalidade na cidade, o movimento de trabalhadores aguardando ônibus no Terminal Rodoviário Presidente João Goulart, no Centro, foi consideravelmente maior se comparado aos dias de medidas mais restritivas.

Muitos trabalhadores observaram que a frota de ônibus continua reduzida no horário de pico, o que ocasiona filas enormes de espera. Desde a última quinta-feira (21), retomaram o funcionamento de serviços médicos, fisioterápicos, dentistas, óticas, lojas de colchões, materiais de construção,oficinas mecânicas e de bicicletas, estabelecimentos de venda de alimentos no sistema "drive-thru" e lojas de material hospitalar.

A preocupação se agrava pois a partir da segunda-feira (25) voltam a funcionar também indústria de extração de petróleo e gás, repartições públicas, concessionárias e lojas de automóveis, salões de beleza (obedecendo a taxa de ocupação de 50%), escritórios de advocacia e contabilidade e imobiliárias (com 25% dos trabalhadores). Com a medida, consequentemente, o número de pessoas que vão precisar utilizar os ônibus irá aumentar ainda mais.

As barreiras sanitárias implantadas em sete pontos estratégicos de acessos à cidade continuam até o dia 30 de junho. Segundo a Prefeitura de Niterói, a fiscalização seguirá com as equipes entrando nos ônibus intermunicipais para verificar a temperatura corporal dos passageiros. Quem apresentar febre será direcionado para uma unidade de saúde para exames. Na quinta (21), três pessoas foram levadas para hospitais por apresentar febre.

A Prefeitura de Niterói informou que a Subsecretaria Municipal de Transportes solicitou às empresas de ônibus para que concentrem os coletivos nas horas de pico, na parte da manhã e da tarde. Ainda segundo o órgão, fiscalizações estão sendo realizadas no João Goulart, para que saiam apenas com passageiros sentados. Os usuários do terminal estão sendo orientados a usar máscaras também no interior dos ônibus.

O Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (Setrerj) foi procurado para esclarecer se as empresas irão aumentar o número de ônibus nas ruas de Niterói, mas também não respondeu até o fechamento desta edição.

 

Comissão julgadora é formada por oito pessoas, entre elas Alex Fab e Dudu Falcão, responsáveis pela direção de carnaval da escola - Foto: Divulgação

Para amenizar a monotonia nesses tempos de isolamento social por conta da pandemia do coronavírus, a ala de compositores da Unidos do Viradouro decidiu promover um concurso de samba on-line, com tema livre. 

Paulo Cesar Portugal, presidente da ala, explica que a ideia surgiu a partir da interação do grupo no Whatsapp que reúne os integrantes do segmento. 

"A galera começou a fazer sambas e colocar no grupo. O número de composições foi aumentando, aí resolvi abrir um concurso. Nessa brincadeira, surgiram 14 sambas, alguns com um compositor só e outros com dois parceiros. Vai ter uma premiação simbólica para os três primeiros colocados que eu mesmo vou dar", revela Portugal, que preside a ala de compositores da vermelho e branco há 20 anos.

As obras concorrentes têm os seguintes compositores: Geraldo Sudário; Iara Mathias e Jak Nery; Jorginho do Bairro; Maria Preta; Waldyr Domingues; William; Zezé Palhinha; Adilson de Jesus; Felipe Filósofo e Fábio Borges; Karla e Junior; Luis Carlos Barbosa; Maninho da Cuíca; Mocotó; e Valéria Willian.

A comissão julgadora é formada por oito pessoas, entre elas Alex Fab e Dudu Falcão, responsáveis pela direção de carnaval da escola. A data da final ainda não foi definida, mas todo o processo do concurso será pelo aplicativo de mensagens.

A partir de segunda-feira, permissionários e trabalhadores de bancas de jornal receberão o benefício social emergencial, no valor de R$ 500, pago pelo Município - Fotro: Divulgação / Prefeitura de Niterói

A Prefeitura de Niterói vai distribuir kits de atividades pedagógicas para alunos do ensino fundamental e da pré-escola da rede municipal de ensino, a partir da próxima semana. O anúncio foi feito pelo prefeito Rodrigo Neves, em pronunciamento nas redes sociais da Prefeitura, nesta sexta-feira (22). O objetivo é fazer com que crianças que não tenham acesso à internet possam desenvolver atividades pedagógicas e manter o contato com o ambiente escolar durante o período de isolamento social.

“As aulas estão suspensas até o dia 30 de junho. Mas percebemos que muitas crianças, por não terem possibilidade de acessar a internet, estavam ficando sem o acompanhamento educacional que é muito precioso e necessário mesmo nesse contexto de suspensão das aulas”, afirmou o prefeito Rodrigo Neves.

A secretária municipal de Educação, Flávia Monteiro, afirmou que as escolas deverão ser abertas de forma parcial na próxima semana para a distribuição dos kits pedagógicos aos alunos.

“Os kits contêm jogos pedagógicos e livros que poderão ser usados para que as crianças e seus familiares desenvolvam atividades que estão em nosso portal pedagógico. Terão também um caderno de atividades, com exercícios de leitura e matemática, além de cadernos específicos de língua portuguesa, matemática e demais disciplinas para as turmas do Ensino Fundamental 2”, detalhou a secretária.

 

Benefício social emergencial - A partir de segunda-feira (25), permissionários e trabalhadores de bancas de jornal receberão o benefício social emergencial, no valor de R$ 500, pago pela Prefeitura de Niterói. O atendimento será feito na Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), no Barreto. O calendário de pagamento será anunciado nos próximos dias. Com esta iniciativa, cerca de 216 famílias serão atendidas.

Na quarta-feira (27), será aberto o processo de inscrição para motoristas de aplicativos. Para se cadastrarem e terem direito a este benefício, os profissionais precisam comprovar que são moradores de Niterói e que já atuam no município há seis meses por, pelo menos, 30 horas semanais. Outro grupo que receberá o benefício será o de quiosqueiros. Para esta categoria, o pagamento está previsto para sexta-feira (29).

“Estamos realizando um grande esforço para que todas as famílias que mais precisam possam atravessar esse momento difícil com tranquilidade. Por isso, este auxílio social emergencial está sendo tão importante, para que essas pessoas possam cumprir o isolamento com segurança. Com os programas sociais da Prefeitura, estamos beneficiando cerca de 50 mil famílias”, disse o secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão, Axel Grael.  

 

Boletim – De acordo com o boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira (22), Niterói tem 1.631 casos confirmados de Covid-19, com 706 em isolamento domiciliar sendo acompanhados pela Fundação de Saúde do Município. A cidade registra, até o momento, 88 óbitos e tem 762 pacientes recuperados.

 

Microempreendedores terão até quarta-feira para pegar o cartão - Foto: Douglas Macedo/Prefeitura de Niterói

A secretária municipal de Fazenda, Giovanna Victer, informou que serão entregues, entre segunda (25) e quarta-feira (27), os cartões para os microempreendedores individuais do município que estão com inscrições ativas no cadastro da Secretaria Municipal de Fazenda, residam no município, e tenham solicitado, entre os dias 8 e 14 de maio, a adesão ao programa para o recebimento de um auxílio de R$ 500, por três meses, através de um cartão de compras. Os MEIs cadastrados receberão um aviso por e-mail sobre o dia, horário e local para retirarem seus cartões. Também será possível fazer a consulta no site da SMF.

O programa Empresa Cidadã 2 terá inscrições abertas até o próximo dia 26. O poder público municipal vai fazer o pagamento de um salário mínimo, por três meses para até nove empregados de empresas, entidades religiosas e organizações sindicais com até 40 funcionários, com expectativa de beneficiar 5 mil funcionários. Como contrapartida, as empresas se comprometem a não reduzir os postos de trabalho até seis meses após a adesão ao programa. A nova etapa inclui clubes e entidades filantrópicas de Niterói, que terão o auxílio no pagamento de até 20 funcionários, sem número máximo de empregados. A inscrição pode ser feita no site: https://www.empresacidada.niteroi.rj.gov.br/.

Cerca de 25 representantes de diversas crenças participaram de videoconferência com o prefeito e secretários - Foto: Luciana Carneiro

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, se reuniu por videoconferência, nesta sexta-feira (22), com 25 líderes católicos, evangélicos, espíritas, luteranos, anglicanos, e de religiões de matriz africana da cidade para apresentar o Plano de Transição Gradual para o Novo Normal.

O prefeito, que estava acompanhado do reitor da UFF, Antonio Claudio Lucas da Nobrega, dos secretários Rodrigo Oliveira (Saúde) e Axel Grael (Planejamento), das subsecretárias Camila Franco (Saúde) e Maria das Graças Raphael (Pacto Niterói Contra Violência) e da coordenadora do Núcleo de Gestão Estratégica da Prefeitura, Ellen Benedetti, agradeceu o apoio dos religiosos, que estão realizando suas celebrações pela internet e alto falantes nas últimas sete semanas. Missas, cultos e serviços religiosos presenciais só poderão ser retomados, com os devidos protocolos sanitários, a partir do sinal amarelo nível 2.

"Essa transição só foi possível porque Niterói fez o dever de casa. Pedi a compreensão dos líderes religiosos para seguirem realizando celebrações pela internet, pois as presenciais só podem ser retomadas quando a cidade chegar ao estágio amarelo", explicou o prefeito.

Estágios - A Prefeitura de Niterói implantou um sistema de cores para identificar estágios de combate ao novo coronavírus e níveis de restrição de circulação e isolamento social que serão colocados em prática. Os estágios são roxo (situação extremamente grave da pandemia), vermelho (situação muito grave, com restrições de circulação mais rígidas), laranja (atenção máxima), amarelo nível 2 e nível 1 (alerta). O sinal verde só deverá ser adotado quando estiver disponível uma vacina contra a Covid-19. Atualmente, a cidade está no estágio laranja.

Anderson foi assassinado com dezenas de tiros na madrugada do dia 16 de junho de 2019, em Pendotiba, Niterói - Foto: Reprodução

Investigada pela morte do pastor Anderson do Carmo, a deputada federal Flordelis, ex-exposa do pastor,  prestou depoimento na tarde desta quinta (21) na Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), em Niterói.

De acordo com a polícia, O depoimento durou cerca de 4 horas. Segundo o delegado Allan Duarte, a parlamentar respondeu todas as perguntas e, com o depoimento, foi encerrada a fase dos interrogatórios do caso.

Anderson foi assassinado com dezenas de tiros na madrugada do dia 16 de junho de 2019, em Pendotiba, Niterói, na garagem de sua residência.

Com esse novo depoimento, a polícia pretendia esclarecer algumas contradições de outros depoimentos e colher informações sobrequestões que surgiram no decorrer da investigação do caso.

Filho biológico de Flordelis, Flávio dos Santos Rodrigues, e Lucas Cezar dos Santos, filho adotivo do casal, foram presos e denunciados pelo crime cometido no ano passado.

A polícia ainda busca esclarecer  quem mandou matar o pastor e os motivos reais do crime.

O programa chegou ao Barreto no dia 17 de abril e faz parte de um convênio entre a Prefeitura e o Governo do Estado - Foto:

A instalação de uma base avançada do Programa Niterói Presente no Barreto foi a principal reivindicação de moradores do bairro durante reunião, realizada na tarde da última quinta-feira, na praça Flávio Palmier da Veiga. Liderado pelo deputado Paulo Bagueira, o encontro serviu também para que eles abrissem um canal de diálogo com a coordenadora Operacional do Programa, capitã Camila Verdan, que esteve no local. O programa chegou ao Barreto no dia 17 de abril e faz parte de um convênio entre a Prefeitura e o Governo do Estado.

Pelo menos sete representantes de condomínios estiveram presentes. Juntos, eles reúnem cerca de seis mil moradores que há tempos solicitam um posto policial na própria praça Flávio Palmier. Durante a reunião, o deputado disse que as negociações para instalação estão em andamento. “A praça é um local estratégico em função do grande número de condomínios, do comércio e por ser o corredor educacional do município. Vamos discutir agora a possibilidade técnica da instalação. O certo é que a reunião foi muito produtiva”, disse, revelando que vem se empenhando para atender a reivindicação.

Para mostra que vem se dedicando à questão da segurança, Bagueira lembrou que mediou a negociação para a ampliação do programa Niterói Presente para o Barreto, servindo de interlocutor entre o Estado e a Prefeitura de Niterói. Ele lembrou, ainda, de outras iniciativas que o seu mandato ajudou a construir na relação do Estado com o município, como a cessão da área para a ampliação da Maternidade Alzira Reis. A capitã também falou do programa, revelando como efetua o policiamento. “Hoje atuamos com cinco viaturas e quatro duplas de motociclistas que realizam rodas das 06h às 22h. Ainda para este mês de maio, chegarão mais 39 policiais”, anunciou a oficial, que se colocou à disposição dos moradores para qualquer circunstância.

Ponto foi citado pelo secretário executivo, Axel Grael, durante live realizada nesta quinta-feira - Foto:

Durante a live diária realizada pela Prefeitura de Niterói na noite desta quinta-feira para atualizar a população sobre o combate ao novo coronavírus no município, o secretário executivo da cidade, Axel Grael, falou sobre a possibilidade dada aos motoristas de aplicativos para  se inscreverem na próxima terça-feira no Programa Busca Ativa.

De acordo com o secretário, a partir da próxima terça, esses profissionais poderão se inscrever no sistema para que a checagem seja feita e eles sejam contemplados com o benefício. Outro ponto citado pelo secretário foi a data de pagamento para os jornaleiros e os quiosqueiros da cidade.

Segundo Axel, os jornaleiros receberão o benefício já na próxima segunda-feira, enquanto os quiosqueiros serão pagos ao logo da próxima semana.

Mais Artigos...

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.